Regras Dojo


» Entrando num Dojo, entramos num mundo diferente, um mundo de guerreiros. Templo de respeito e camaradagem, mas pode converter-se num lugar de paranóia e de desconfiança, se prescindirmos das regras e etiqueta exigidas pelos velhos Mestres ao longo dos séculos.

» Sobre o piso do Dojo de Karaté somos alternadamente atacantes e atacados e treinamos para reagir instintivamente. È graças a etiqueta que podemos praticar com total segurança, disciplinando as nossas tendências agressivas, desenvolvendo a comparação e o respeito.

» Um Dojo de Karaté não é um ginásio. È um lugar onde se ensina a filosofia ancestral que se desenvolveu ao longo dos vários séculos de ensino desta arte marcial. Não se deve expandir o ego ali, mas sim educar e purificar o corpo e a alma. Uma atitude de respeito, sinceridade e modéstia é essencial para a serenidade de cada um.

» As regras seguintes são indispensáveis para manter um ambiente propício para o estudo do Karaté.

» O Dojo funciona seguindo as regras tradicionais. È o lugar consagrado para receber os ensinos do Mestre. È dever de cada aluno honrar esses ensinos.

» Cada aluno deve participar na criação de uma atmosfera positiva de harmonia e respeito.

» A limpeza constitui um acto de gratidão e de respeito, cada praticante deve participar na limpeza do Dojo, e aplicar-se a ele com interesse, “a limpeza purifica a vida”.

» Respeitar o fundador do estilo, respeitar os seus ensinamentos como são transmitidas pelo vosso Sensei. Respeitar o Dojo, as vossas ferramentas de trabalho, a vossa roupa, e os vossos colegas de treino.

 
Regras do praticante de karate
» É necessário respeitar os ensinos e a filosofia do Mestre e o modo que o instrutor as transmite.

» Cada praticante compromete-se moralmente a não utilizar jamais uma técnica de Karaté (AJKP) para alimentar ou enaltecer o seu ego. Pois o nosso Karaté não é uma técnica de destruição mas sim de criação, é uma ferramenta que pretende contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade melhor, através do crescimento e melhoramento da personalidade de cada um.

» É proibida qualquer forma de insolência, (devemos ter consciência dos nossos limites)

» Cada um tem possibilidades físicas e razões diferentes para praticar Karaté que devem obviamente ser respeitadas. O verdadeiro espírito do Karaté AJKP é a aplicação correcta e flexível da técnica apropriada em qualquer circunstância. Devemos ter em atenção para não acontecer nenhuma lesão no nosso treino, pois temos o dever de proteger o nosso companheiro de treino e proteger-nos a nós mesmos.

» Aceitemos as observações do Sensei e tentemos aplicá-las com sinceridade, o melhor que possamos. Não existe lugar para a discussão.

» Todos os praticantes estudam os mesmos princípios. Nenhum desacordo deve existir no seio dos praticantes de Karaté AJKP, todos no Dojo formam uma grande família, o segredo do Karaté é a harmonia. Se não podes respeitar estas regras, será impossível estudar Karaté num Dojo AJKP