Director Técnico :: Percurso nas Artes Marciais
O inicio da prática de Filipe Ferreira nas Artes Marciais e no karate, dá-se em 1987, com apenas 11 anos de idade, embora não hajam registos.

Naquele tempo havia um preconceito globalizado acerca do Karate e das Artes Marciais. Em particular, os seus pais associavam estas práticas á violência gratuita, proibindo-o de treinar num Dojo (escola). Mas o seu entusiasmo pela modalidade era tanto que treinava às escondidas.

A sua entrada para uma escola só acontece em 1997, nas Caldas das Taipas, onde existia uma escola de Karate Wado Ryu. O instrutor era o 4º Dan José Lezon. Em 1998 entra como associado da A.K.W.P. (Associação de Karate Wado Portugal) sócio Nº 689, e também na FNK-P com a licença federativa Nº 835.

O seu entusiasmo pela prática de karaté depressa o levou a uma rápida evolução técnica, que lhe possibilitou fazer exame de graduação para Cinto Negro em Junho de 2001. Nessa altura era já Treinador de Karaté, uma vez que tirou o curso de Treinador Monitor em Outubro de 1999, acabando com a média de 16 valores. Em Outubro de 2002 termina com média de 14 valores, o curso de Treinador de nível I de Karaté.


O Sensei Filipe Ferreira treinou durante 6 anos luta livre Brasileira (Jiu Jitsu sem Kimono) e tornou-se graduado desta arte marcial em 2005 pelas mãos do seu Mestre o brasileiro Carlos Pereira. 

Como é apanágio das artes marciais brasileiras Filipe Ferreira praticou em simultâneo com a Luta Livre, o contemporâneo Vale Tudo, chegando inclusive a participar em combates sendo o mais importante, o combate para o título do UFC em Portugal.

Em 2011 conclui o curso de Educação de Física e Desporto. Esta aposta na formação resulta da necessidade de complementar o seu ensino com métodos científicos e académicos, procurando a excelência no seu trabalho como treinador e como Sensei.

Actualmente o Sensei Filipe Ferreira é 5º Dan de Karaté Wado-Ryu e cumpre funções de Director Técnico da AJKP.